A arte de prescrever treinamento para mulheres

Conceito Personal Trainer
21 de julho de 2013
Revascularização Miocárdica
21 de julho de 2013

Antes de fazermos uma viagem no universo feminino, teremos que ter um breve conhecimento sobre alguns conceitos fisiológicos: HORMÔNIOS.

Nada se sabia sobre os hormônios até que o neurologista e endocrinologista francês Charles Édouard Brown-Séquard (1817 – 1894) demonstrou que as adrenais, a tiróide, o pâncreas, o fígado, o baço e os rins produziam substâncias microscópicas que entravam na circulação sanguínea para exercer suas ações em locais distantes no organismo. Mais tarde, essas substâncias foram chamadas de hormônios.

Para melhor entendimento, consideraremos toda substância hormonal como um mensageiro bioquímico que parte de seu local de origem (uma glândula ou conjunto de células com capacidade de produzi-lo), através da corrente sanguínea, em direção a algum tecido ou célula que necessite de sua ação. Ele interfere na função de outro órgão para manter seu equilíbrio ou executar uma tarefa específica. Assim o hormônio é produzido com uma determinada meta ou alvo para preservar, manter, modificar e melhorar o ser humano.

Para entendermos qual o efeito dos hormônios sobre a razão e a emoção, devemos diferenciar dois fatos importantes. O primeiro é que o cérebro está constantemente mergulhado em hormônios. O segundo fato é a diferença física e biológica entre os gêneros. No homem essa imersão é composta basicamente de androgênios (hormônios que determinam a masculinidade), como a Testosterona. Na mulher, esse banho hormonal é mais variado e depende da faze do ciclo em que ela se encontra:

Na infância, predominam os ESTRÓGENOS em BAIXOS NÍVEIS ATÉ A PUBERDADE. Daí em diante, há em níveis crescentes de estrógenos até o aparecimento da PROGESTERONA, que determina a PRIMEIRA MENSTRUAÇÃO.

Durante a ADOLESCÊNCIA, ainda em ciclos irregulares, ESTRÓGENOS e PROGESTERONA existem como na vida adulta, porém OSCILAM MÊS A MÊS devido a uma certa imaturidade do eixo hipotálamo-hipófise-ovariano.

Na PRIMEIRA DÉCADA DE VIDA, eixo NEUROENDÓCRINO ( sistema nervoso/hormonal), que CONTROLA AS FUNÇÕES FEMININAS, ESTÁ INATIVO a um freio estabelecido pela região do cérebro chamada hipotálamo.

Com a chegada da PUBERDADE, o FREIO É DESATIVADO e o eixo hipotálamo/hipófise/ovário torna-se ativo. Os estrogênios não influenciam somente os órgãos reprodutores, mas AFETAM a MEMÓRIA, a COGNIÇÃO, a ORGANIZAÇÃO e EXPRESSÃO DOS RITMOS BIOLÓGICOS E PSICOLÓGICOS típicos da feminilidade.

É na idade adulta, ou menacme, fase que se segue à adolescência, entre os 21 e 41 anos, que o ciclo de hormônios é mais complexo e segue a seguinte seqüência:

Nos primeiros 15 dias do ciclo – ESTROGÊNIOS;

NA OVULAÇÃO – ESTROGÊNIOS E ANDROGÊNIOS;

Nos 15 dias depois da ovulação – progesterona;

Na gravidez – progesterona, em níveis que se elevam até o final da gestação

Na amamentação – será comandada pela progesterona e prolactina produzida pela hipófise sob estímulo da sucção e contato com o bebê recém nascido.

MENSTRUAÇÃO:

Acredito que quando Deus criou a mulher foi com o intuito de perpetuar a espécie. E para isso criou o ciclo menstrual preparando-a para o momento mágico da FECUNDAÇÂO. Mas se ela não cumpre cada fase do ciclo ele castiga…

Observe o que acontece em cada fase e tire as suas conclusões.

Conheça seu comportamento hormonal, emocional e corporal, tire vantagem das alterações que acontecem todo mês e saiba quais os exercícios físicos mais indicados em cada fase do ciclo.

MENSTRUAÇÃO, conhecido como CICLO MENSTRUAL, está relacionado ao SOBE e DESCE dos HORMÔNIOS, que INTERFERE em vários aspectos da VIDA DA MULHER – inclusive na APARÊNCIA. CABELOS, PELE e UNHAS sofrem modificações diárias e muitas delas são INFLUENCIADAS pelas várias ETAPAS DO CICLO. Até mesmo o HUMOR e DISPOSIÇÃO estão suscetíveis ao delicado desequilíbrio. O ciclo menstrual dura em média 28 dias, mas pode estender-se até 35.
Quando um estágio está concluído ele passa automaticamente para o seguinte. Durante as três fases que o compõem, o CÉREBRO e os OVÁRIOS trocam mensagens por meio dos hormônios e esse relacionamento precisa ser o mais harmonioso possível para proporcionar a ovulação e a preparação do útero para a gravidez, assim como resultar no fluxo menstrual quando o óvulo não é fecundado.

Importante: a questão das alterações que você vai ver comentadas logo abaixo, está dentro dos padrões considerados normais e se aplicam somente às mulheres que NÃO usam ANTICONCEPCIONAL à base de hormônios. As MUDANÇAS do CORPO FEMININO em CADA UMA DAS FASES são avaliadas a partir do PRIMEIRO dia da MENSTRUAÇÃO, levando em conta um ciclo de 28 dias.

Para entendermos esse processo vamos analisar cada fase do ciclo e como a mulher se comporta nas mesmas.

1. Fase pré-ovulatória ou menstrual (1º ao 10º dia)

Como a gravidez não foi concretizada, o ovário cessa a produção hormonal e a camada interna do útero é expelida naturalmente. Nesse período, a mulher perde cerca de 150 ml de sangue, o que não compromete sua saúde. A VAGINA, no entanto, FICA MENOS ÁCIDA, FACILITANDO O CRECIMENTO DE GERMES – portanto, ATENÇÃO REDOBRADA com a HIGIENE nessa fase, na qual O RISCO DE ENGRAVIDAR diminui. Acompanhe várias características desse período e o que você deve fazer em prol da sua beleza e bem-estar.

É nessa fase que o ORGANISMO FEMININO FICA FELIZ , pois, segundo, Dr. Eliezer Berenstein, em seu livro A INTELIGENCIA HORMONAL DA MULHER, EDITORA , Objetiva. A mulher passa a liberar ESTROGÊNIOS( estrdiol E2) que é produzido principalmente, e não somente, nos OVÁRIOS.

Nesse período, conduzida pela atividade de seu estrógeno, a mulher busca ser mais FEMININA, ATRENTE, SENSUAL. Possui o que chamamos de atitude psicoativa competidora. Sua atividade mais imperiosa É SOCIAL, PÚBLICA. EXPÕE-SE, ATRAI, SEDUZ, CONDUZ, SENSUALIZA. Freqüenta mais a ACADEMIA e os SALÕES de BELEZA, PRATICA MAIS ESPORTES, BUSCA O APRIMORAMENTO DE SEU CORPO e a ACENTUAÇÃO DO SEU CHARME. Sua CAPACIDADE de ATRAIR aumenta a partir do dia de sua menstruação até o dia da ovulação, em que ocorre o pico dos ESTROGÊNIOS, é a explosão da FEMINILIDADE, justamente para atrair o companheiro.

Torna a mulher hipersensível a odores, perfumes, flores,sons e cores. É romântica, sonhadora, seu erotismo está à flor da pele. Tem pouco apetite, MUITA DISPOSIÇÃO e utiliza lucidez e a racionalidade a favor da COMPETIÇÃO e da CONQUISTA.

Além de tudo isso, abaixo listamos outro sinais nessa fase do ciclo:

CESSA a RETENÇÃO DE LÍQUIDOS

LOGO CESSA TAMBÉM DORES OU INCHAÇOS E CÓLICAS CAUSADAS PELA RETENÇÃO LÍQUIDA NO ORGANISMO.

SENSAÇÃO DE LEVEZA

MELHORA NO HUMOR

RINS E INTESTINOS PASSAM A FUNCIONAR MELHOR

AUMENTO DO DESEMPENHO EM TODAS AS TAREFAS

VIGILÂNCIA

FICA MAIS VAIDOSA E POR ISSO SE ENFEITA E TAMBÉM GASTA MAIS NAS LOJAS E COM COSMÉTICOS.

Obs: Recomendo aos maridos que nesse período escondam seus cartões de créditos.

Como vocês podem ver, todos esses benefícios foram criados por DEUS para que a mulher nessa fase se sinta ATRAENTE, SEDUTORA, QUERIDA, IRRESISTIVEL e PODEROSA para atrair o HOMEM. Mas se esse homem não percebe essas mudanças, Deus ajuda mais um pouco, e na próxima fase do ciclo…

2. Fase ovulatória (10º ao 19º dia)

Nessa etapa, cuja duração é de aproximadamente cinco dias, a hipófise (glândula situada no cérebro que regula muitos processos hormonais) ordena ao útero que torne seu revestimento mais espesso, preparando-o para a chegada de um óvulo maduro que poderá ou não ser fecundado. Portanto, quem não quiser engravidar precisa ficar ligada, pois estará no momento mais fértil de todo o ciclo.

Nessa etapa, acontece, mais algumas mudanças no estado HORMONAL E EMOCIONAL da mulher, fazendo com que ela, além de ESTROGÊNIOS, produza também o hormônio TESTOSTERONA que é um hormônio masculino produzido pelos testículos e pelas mulheres nas glândulas supra-renais e ovários, é um hormônio ativador, que promove a AGRECIVIDADE, AUTOCONFIANÇA, BEM ESTAR, OTIMISMO, COMPETIÇÃO e CONQUISTA. Ferramentas necessárias para que ela possa tomar a iniciativa se o HOMEM não o fizer.

É sobretudo durante a ovulação que os hormônios atingem seu auge: o estrogênio, por exemplo, chega ao nível máximo no 14º dia. A produção de TESTOSTERONA (hormônio masculino) também tem início. Tudo isso explica por que as mulheres se sentem mais bonitas, atraentes e dispostas ao sexo nesse dado momento do mês. É simples: a natureza as torna mais sensuais para garantir a continuidade da espécie. Para ficar ainda mais receptivo aos espermatozóides, o corpo feminino fabrica uma quantidade maior de secreção, cuja consistência é parecida com a de uma clara de ovo. Utilizar-se de todo o seu poder de sedução.

É NESSAS DUAS FASES DO CICLO QUE A MULHER SE ENCONTRA PREDISPOSTA E PREPARADA TANTO EMOCIONAL, QUANTO HORMONAL, PARA A REALIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS FÍSICOS DE FORÇA E DE EXERCÍCIOS AERÓBICOS DE ALTA INTENSIDAE QUANTO OU ALTOS VOLUMES DE TREINO.

OBJETIVANDO UMA MELHOR PERFOMANCE, SEM MUITO ESTRESSE DURANTE OS EXERCÍCIOS.

3. Fase pós-ovulatória (20º ao 28º dia)

Se na fase ovulatória a mulher não cumpre com o seu propósito, ou seja, não se deixa fecundar, DEUS castiga e faz com que organismo dela produza o hormônio PROGESTERONA que vai aumentando verticalmente e com isso promovendo uma mudança no seu comportamento tanto emocional , quanto corporal fazendo desta forma com que seu CABELO FIQUE IGUAL A UMA PALHA, sua PELE OPACA e igual a uma LIXA, sua VAIDADE desaparece ao ponto de vestir-se com uma camisa folgada, amarra os cabelos com qualquer coisa, fica mais CASEIRA, sente muito SONO, aumenta a RETENÇÃO de líquido e por isso fica INCHADA, sente DOR DE CABEÇA, CÓLICAS e num determinado momento desaparece a mulher e aparece o MONSTRO TPM : De acordo com especialistas, o que está por trás da síndrome é o desequilíbrio entre o ESTRGÊNIO, que nessa fase despenca, e a PROGESTERONA que aumenta verticalmente.

Percebendo que já não são necessários os seus serviços para alimentar o óvulo, o útero começa novamente o processo de eliminação do seu revestimento. No fim desse período A MULHER menstruará mais uma vez e um novo ciclo recomeçará. É quando SURGE O MAL-ESTAR FÍSICO E EMOCIONAL próprio da tensão pré-menstrual (TPM), que aparece aproximadamente de uma a duas semanas antes da menstruação e atinge cerca de 90% das mulheres entre os 14 e os 50 anos. Por isso a MULHER parece tão nervosa!

ESSES MONSTROS (TPM) são conhecidos e descritos de quatro tipos:

TIPO A (ANSIEDADE)

ANSIOSA

APRESSADA

AGITADA

INSTABILIDADE DE HUMOR

AGRESSIVA

TIPO C (COMPULSÃO POR COMIDA)

COMPULSÃO ALIMENTAR ESPECIALMENTE POR DOCES

CHOCOLATES.

TIPO D( DEPRESSÃO)

DEPRESSIVA NOS 15 DIAS QUE ANTECEDEM A MENSTRUAÇÃO

TIPO H (HÍDRICO)

OCORRÊNCIA DE INCHAÇOS NOS SEIOS, DEIXANDO AS MAMAS EXTREMAMENTE DOLORIDAS;

DORES DE CABEÇA;

DORES MUSCULARES

NESSA FASE DO CICLO ONDE A MULHER SE ENCONTRA PRJUDICADA TANTO EMOCIONAL, QUANTO HORMONAL, TORNA-SE NECESSÁRIO REALIZAR EXERCÍCIOS FÍSICOS DE BAIXO VOLUME DE TREINO E BAIXA INTENSIDADE .

OBJETIVANDO UMA MELHORA DE SUAS FUNÇÕES FISIOLÓGICAS E, PROMOVENDO UM MÍNIMO DE ESTRESSE DURANTE OS EXERCÍCIOS.

Espero ter podido contribuir com algumas informações sobre como identificar as fases, comportamento hormonal e emocional durante o ciclo menstrual para otimisar os exercícios na mulher.

Nunca se esqueçam de que as mulheres são regidas pelos hormônios, que controlam o ciclo menstrual. Portanto todo o cuidado é pouco, pois vocês poderão encontrar não a mulher e sim O MONSTRO.